Governo dos Açores - Secretaria Regional da Educação, Ciência e Cultura - Direção Regional da Cultura

Gil, Jacinto Fernandes (1.o visconde de Porto Formoso)

[N. Ponta Delgada, 3.4.1823 ? m. Sintra, 4.2.1892] Era filho de Joaquim Fernandes Gil, natural da Figueira da Foz, conhecido pelo capitão Gil, que se fixou em Ponta Delgada no início do século XIX e que no comércio formou uma fortuna apreciável. O filho acrescentou a fortuna herdada, retirou-se do comércio e fixou residência em Lisboa onde vivia à lei da nobreza. Casou em 1869, com D. Maria Isabel Álvares Cabral.

Foi fidalgo cavaleiro da Casa Real e comendador da Ordem de Cristo. Em 1871 (decreto de D. Luís de 26 de Janeiro) foi agraciado com o título de visconde do Porto Formoso.

Foi eleito deputado pelo partido regenerador no círculo da Ribeira Grande, em 1869, pelo de Ponta Delgada, em 1882, e finalmente Par do Reino pelo distrito de Ponta Delgada, em 1887.

Benemérito entregou sempre a institutos de caridade da ilha de S. Miguel os seus rendimentos de deputado. J. G. Reis Leite

Bibl. Rodrigues, V. G. (1985), A geografia eleitoral dos Açores de 1852 a 1884. Ponta Delgada, Universidade dos Açores: 80, 103 e 272. Sousa, N. (1997), O Palacete de Porto Formoso e outras imagens oitocentistas de Ponta Delgada. Ponta Delgada, Universidade dos Açores: 31. Supico, F. M. (1995), Escavações. Ponta Delgada, Instituto Cultural de Ponta Delgada, II: 470. Zuquete, A. E. M. (1960-1961), A nobreza de Portugal, Lisboa, Editorial Enciclopédia, III: 171.