Governo dos Açores - Secretaria Regional da Educação, Ciência e Cultura - Direção Regional da Cultura

César, Carlos Manuel Martins do Vale

[N. Ponta Delgada, 30. 10. 1956] Político, socialista. Ingressou na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, em 1977. De família tradicionalmente socialista, começou a sua actividade política, em Ponta Delgada, na Cooperativa Cultural "Sextante" que se tornou notada pelas acções cívicas de oposição aos governos de Oliveira Salazar e de Marcelo Caetano. Integrou a Comissão Dinamizadora da Comissão Democrática Eleitoral, em Ponta Delgada, em 1973.

A 26 de Abril de 1974, fundou a Associação de Estudantes do Liceu Antero de Quental, e, um mês depois, a Juventude Socialista nos Açores. Esteve entre os fundadores da União Nacional dos Estudantes Portugueses. Fez parte da Comissão Organizadora das primeiras comemorações do Dia do Estudante, em Portugal, após o 25 de Abril. Foi membro eleito da direcção da Associação de Estudantes da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa.

No Partido Socialista, foi eleito membro do primeiro Secretariado da Secção de Ponta Delgada e da delegação dos Açores ao I Congresso Nacional, na legalidade, e ao I Congresso Nacional da Juventude Socialista. Integrou a Comissão Nacional e o Secretariado Nacional Executivo da Juventude Socialista e foi presidente do seu Congresso. Entre 1988 e 1989, foi deputado à Assembleia da República quando integrou a Direcção do Grupo Parlamentar e as Comissões de Defesa Nacional, da Juventude e dos Direitos, Liberdades e Garantias. Em 1995, acrescentou à sua qualidade de membro da Comissão Nacional e da Comissão Política Nacional, a sua eleição para o Secretariado Nacional, de que continua a fazer parte.

Nos Açores, foi presidente da Assembleia de Freguesia da Fajã de Baixo, de 1993 a 1997, e membro da Assembleia Municipal de Ponta Delgada. Eleito deputado à Assembleia Regional, em Janeiro de 1981, integrou, pouco tempo depois, a Direcção do Grupo Parlamentar e várias comissões parlamentares, tendo sido presidente da Comissão dos Assuntos Económicos. Mais tarde, viria a ser eleito vice-presidente. Líder do Partido Socialista, de 1983 a 1985, foi eleito presidente, em 1994. Nesta qualidade venceu as eleições legislativas regionais em 1996 e em 2000, com 46% e 49,2% dos votos expressos, respectivamente.

Foi empossado como Presidente dos VII, VIII e IX Governos Regionais dos Açores em Novembro de 1996, de 2000 e de 2004, respectivamente. Nessa qualidade, é membro do Conselho Conselho de Estado, do Conselho Superior de Defesa Nacional, do Conselho Superior de Segurança Interna e do Conselho Superior de Protecção Civil. É, também, membro titular permanente do Comité das Regiões da União Europeia e do Comité dos Poderes Regionais e Locais da Assembleia da Europa.

É autor de diversas comunicações a colóquios e conferências, realizadas nos Açores, no país e no estrangeiro, e de vasta colaboração dispersa pela imprensa e televisão regionais. Luís M. Arruda (2006)