Governo dos Açores - Secretaria Regional da Educação, Ciência e Cultura - Direção Regional da Cultura

Canto, João Alpoim Borges

 [N. Angra do Heroísmo, 28.10.1885 ? m. ibid., 3.2.1959] Alistado como voluntário em 1903, na bateria 1 de artilharia de guarnição. Tirou o curso de infantaria da Escola do Exército. Foi alferes em 1908, tenente em 1912, capitão em 1916, major em 1930, tenente-coronel em 1938, coronel em 1940. Passou à reserva em 1943 e reformou-se em 1955.

Fez quase toda a carreira na sua cidade natal, no Regimento de Infantaria 25, entre 1908 e 1915, na Guarda Fiscal entre 1915 e 1916, no Comando Militar dos Açores entre 1919 e 1927 e em 1938 e no Batalhão Independente de Infantaria 17, entre 1939 e 1943. Em 1918 fez uma campanha em Moçambique, tomando parte no combate de M?Cuba, onde foi ferido.

Foi chefe de secretaria do governo militar dos Açores, ajudante de campo do delegado especial do Governo da República nos Açores e chefe da secção militar da Repartição do Gabinete da mesma delegação (1928). Foi governador militar interino dos Açores em 1939. Colaborou nos serviços de censura, em 1945, durante o acordo luso-britânico para a concessão de facilidades aos Açores. Foi comandante militar da Terceira, em 1956.

Na política, foi primeiramente eleito senador em 1922, pelo círculo de Angra do Heroísmo. Apoiante posterior do Estado Novo, foi eleito deputado pelo círculo de Angra do Heroísmo, na lista única da União Nacional, em duas legislaturas, 1949-1953 e 1953-1957. J. G. Reis Leite (Fev.2001)

 

Bibl. Arquivo Histórico Militar (Lisboa), Cx. 3406. Marques, A. H. O (ed.) (2000), Parlamentares e Ministros da Primeira República (1910-1926). Lisboa, Ed. Afrontamento: 143.