Governo dos Açores - Secretaria Regional da Educação, Ciência e Cultura - Direção Regional da Cultura


“REMEMORAR” inaugura ciclo de exposições sobre património religioso

  • Exposições/Exhibitions
  • Igreja de São Carlos
  • 2022-04-23 às 18:30

REMEMORAR corresponde à I Estação do ciclo de exposições LUGARES DO SAGRADO, o qual tem como principal objetivo a valorização do património cultural de temática religiosa dos Açores.
Concebida para o espaço da Igreja de São Carlos Borromeu de Angra do Heroísmo, esta exposição, que abrirá ao público a partir do dia 23 de abril, é o resultado de um trabalho de seleção de objetos com relevante valor simbólico e artístico para a comunidade de São Carlos, e de um olhar contributivo para o conhecimento da obra de arquitetura contemporânea que constitui o imóvel da igreja, criação dos arquitetos Fernando Távora e José Bernardo Távora. Sobre o imóvel, será apresentado um conjunto de documentação inédita relativa ao projeto, pertencente ao acervo da Fundação Instituto Marques da Silva, o mais importante repositório documental dedicado à obra de Fernando Távora.
Para a criação desta narrativa expositiva contribuem também alguns bens culturais cedidos temporariamente pelo Museu de Angra do Heroísmo, pela Fábrica da Igreja Paroquial da Sé de Angra e pela Irmandade do Espírito Santo de São Carlos, num discurso estruturado numa revisitação da memória histórica das vivências espirituais da comunidade radicada em torno do Caminho do Meio, a qual encontra raízes desde os inícios do século XVII, aquando da fundação da Ermida de São Carlos por António Coelho de Carvalho (1575-†1646), Feitor da Alfândega de Angra.
Em exposição estarão patentes objetos de tipologias muito variadas, desde escultura e pintura, a objetos de artes decorativas, paramentaria ou espólio documental, associados a linguagens artísticas, que oscilam entre o tradicional e o contemporâneo, o popular e erudito, sendo comum a todos eles uma conexão espiritual e/ou religiosa, mais ou menos direta.

HORÁRIOS DE ABERTURA: 
ACESSO LIVRE (ENTRADA GRATUITA)
Sábados: 10H-12H/ 15H-18H
Domingos: 12H-13H/ 15H-18H
ACESSO ATRAVÉS DE VISITAS GUIADAS (GRATUITAS)
Segunda a sexta-feira: 14H30-16H30 (POR MARCAÇÃO PRÉVIA)
Contactos p/ marcações: [email protected]

ÚLTIMO DIA
24 de julho, domingo

PROGRAMAÇÃO PARALELA
28 de maio, sábado – 18H30
Lançamento do catálogo da exposição
Apresentação da publicação, seguida de conferência pela Diretora do Serviço Diocesano para os Bens da Igreja Prof. Doutora Rute Gregório
11 de junho, sábado – 18H30
Conversa sobre Ciência e Religião / «A Partícula de Deus»
16 de julho, sábado – 21H30
Concerto PMDS no recinto exterior da Igreja de São Carlos

CONTACTOS PROMOTOR:

Palacete Silveira e Paulo
Rua da Conceição
9700-054 Angra do Heroísmo
Terceira . Açores . Portugal

Telefone: (+351) 295 403 000

Correio Eletrónico:
[email protected]
[email protected] - Centro de Conhecimento dos Açores

Ilha: Terceira
Concelho: Angra do Heroísmo
Sítio: http://www.culturacores.azores.gov.pt/default.aspx


Pesquisa

   
     

//and this too!

Em Foco:

A Agenda Cultural do portal Cultura Açores pretende facultar ao público o acesso à informação sobre os acontecimentos de carácter cultural em todas as ilhas dos Açores ou promovidos pelos Açores, no exterior do arquipélago.

Prestaremos um serviço sistematicamente mais eficaz, quanto maior for o número de agentes culturais a disponibilizarem informação sobre as atividades que promovem, contribuindo para a divulgação e promoção do calendário de eventos culturais dos Açores.

A Agenda Cultural dos Açores está à disposição de todos os promotores culturais, de forma acessível e gratuita. Para utilizar esta agenda, como meio de divulgação, contacte-nos através do e-mail [email protected] ou do telefone nr. 295 403 000 (Direção Regional dos Assuntos Culturais - Rede do Conhecimento dos Açores).

A Secretaria Regional da Educação e dos Assuntos Culturais/Direção Regional dos Assuntos Culturais não se responsabiliza pelas alterações, adiamentos ou cancelamentos de eventos divulgados através da Agenda Cultural dos Açores, que decorram de imprevistos e/ou incumprimento por parte dos promotores na atualização da informação sobre os mesmos.